... oração comunitária com cânticos meditativos, silêncio, escuta da palavra, intercessões
Próxima oração
19 de novembro
Chegar à Igreja das Taipas

Ver mapa maior
Outras orações na diocese do Porto
Paróquia de Paranhos: Última segunda-feira de cada mês Paróquia de Canidelo (Gaia): Primeira terça-feira de cada mês Paróquia da Carregosa: Segundo sábado de cada mês
Orações

Abril 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Quinta-feira, 17 de Março de 2011
Março 2011

Dans nos obscurités

 

Salmo 32(31)   
Refrão: Alegrai-vos, justos, e regozijai-vos no Senhor; exultai todos vós, que sois rectos de coração!

 

Feliz aquele a quem é perdoada a culpa 
e absolvido o pecado. 

Feliz o homem a quem o Senhor não acusa de iniquidade 
e em cujo espírito não há engano.

 

Enquanto me calei, os meus ossos definhavam 
no meu gemido de todos os dias, 
pois a tua mão pesava sobre mim dia e noite; 
o meu vigor consumia-se com o calor do Verão.

 

Confessei-te o meu pecado 
e não escondi a minha culpa; 
disse: «Confessarei ao Senhor a minha falta»; 
e tu me perdoaste a culpa do pecado.

Por isso, todo o fiel te invoca no tempo da angústia. 


E, mesmo que transbordem águas caudalosas, 
jamais o hão-de atingir. 

Tu és o meu refúgio: livras-me da angústia 
e me envolves em cânticos de libertação.

 

Il Signore ti ristora

 

Leitura

O Senhor diz: O jejum que me agrada é este: libertar os que foram presos injustamente, livrá-los do jugo que levam às costas, pôr em liberdade os oprimidos, quebrar toda a espécie de opressão, repartir o teu pão com os esfomeados, dar abrigo aos infelizes sem casa, atender e vestir os nus e não desprezar o teu irmão. Então, a tua luz surgirá como a aurora, e as tuas feridas não tardarão a cicatrizar-se. A tua justiça irá à tua frente, e a glória do Senhor atrás de ti.

(Isaías 58,6-8)

 

Toi, tu nous aimes

 

The lord is my song

 

 

 

Kyrie 19

 

- Deus nosso Pai, tu que queres que sejamos criaturas novas em Cristo, acolhe a nossa oração. Senhor, tu que nos prometeste um novo céu e uma nova terra, renova a nossa esperança.

 

- Libertaste-nos da nossa escravidão ao dar-nos o teu único Filho, abres-nos o caminho da liberdade, Te pedimos pelos nosso irmãos que lutam pela liberdade, na Líbia, na Síria, no Egipto.

 

- Concede-nos que escutemos e recebamos a tua Palavra com o coração cheio de amor, Te pedimos pelo Luís Lobo para que recupere bem e para que em breve nos possa ajudar a chegar até Ti, através do dom que partilha com quem o ouve tocar.

 

- Deus nosso Pai que nos confortas, tem um olhar terno sobre os que sofrem calamidades, lembramo-nos dos nossos irmãos do Japão.

 

Pai Nosso

 

L’ajuda em vindrà

 

Spiritus Jesu Christi

 

Oração de conclusão

Contigo, Cristo ressuscitado, avançamos das trevas à luz. Ao procurar aquilo que esperas de nós, a nossa vida abre-se ao Espírito Santo. Ele leva-nos a compreender aquilo em que nem ousávamos esperar.

 

Nada te turbe

 

Adoramus te Christe

tags:
publicado por taizenastaipas às 17:05
link do post | comentar | favorito
|
Fala connosco
taizetaipas@gmail.com
Recomendamos
pesquisar
 
tags

todas as tags